Aprendo mais com abelhas do que com aeroplanos.
É um olhar pra baixo que eu nasci tendo.
É um olhar para ser menor, para o
Insignificante que eu me criei tendo.
O ser que na sociedade é chutado como uma barata
- cresce de importância para o meu olho.

Ainda não entendi porque herdei esse olhar para baixo.
Sempre imagino que venha de ancestralidades machucadas.
Fui criado no mato e aprendi a gostar das coisinhas do chão
- antes que das coisas celestiais.
Pessoas pertencidas de abandono me comovem:
tanto quanto as soberbas coisas ínfimas.
Manoel de Barros
in "Retrato do Artista quando Coisa" (1998)

Rádio

Entrevista de Sara Graça da Silva sobre o colóquio "Morality and Emotion: (Un)conscious Journey to Being II"

Antena 2

13 de Outubro 2014

Entrevista a Fernando Cabral Martins e Rita Almada Negreiros, organizadores do Colóquio Almada Negreiros

Antena 2

11 de Novembro 2013

120 anos de Almada Negreiros

TSF

9 de Novembro 2013

Nesta emissão vamos visitar a vida e obra de Almada Negreiros, um artista modernista de criação multifacetada. Por 60 anos, Almada foi pintor, poeta e dramaturgo, desenhador, romancista, crítico de arte, vitralista e bailarino.

Participam neste programa os professores Fernando Cabral Martins e Raquel Henriques da Silva, Sílvia Laureano Costa, especialista em literatura tradicional e Rita Almada, arquitecta e neta de Almada Negreiros.

Entrevista a Raquel Henriques da Silva e Sílvia Laureano Costa, organizadores do Colóquio Almada Negreiros

Antena 2

6 de Novembro 2013

Instituto de Estudos de Literatura Tradicional

TSF

23 de Maio 2013

«Contas x Contos x Cantos e Que +», de Ana Paula Guimarães

TSF

16 de Outubro 2012

A ambiguidade da fábula da "Cigarra e da Formiga"

TSF

25 de Setembro 2012

A fábula é antiga, mas ao ter sido revisitada este fim de semana pelo ministro Miguel Macedo tornou-se alimento de mais uma polémica. A TSF conversou, esta noite, com a investigadora do IELT Ana Paiva Morais, que coordena o projecto "A Fábula", que assinalou alguma ambiguidade na história da Cigarra e da Formiga.

Contos Maravilhosos

Programa «Câmara Clara», RTP 2

1 de Julho 2012

Convidados: Francisco Vaz da Silva; No passado fim de semana, Portugal acolheu um dos mais relevantes simpósios internacionais sobre a literatura tradicional infantil fixada pelos irmãos Grimm e o Câmara Clara recebe Francisco Vaz da Silva, o coordenador do simpósio que coloca Portugal no mapa das comemorações do bicentenário da literatura dos Grimm. Vaz da Silva é antropólogo especializado nas literaturas tradicionais orais, ensaísta, Professor do ISCTE e investigador do Instituto de Estudos de Literatura Tradicional. Francisco Vaz da Silva vai contar-nos que ressonâncias políticas, sociais, económicas e sexuais têm hoje os contos de Grimm. E responder a Paula Rego: a pintora afirma que os contos tradicionais portugueses são os mais crus e brutais do mundo, não os contos de Grimm.

Lisboa nas Narrativas

«Diário Câmara Clara», RTP 2

31 de Janeiro 2012

A IELTsista Ana Isabel Queiroz fala sobre a oficina internacional "Lisboa nas Narrativas", no Diário Câmara Clara. A iniciativa decorre até ao dia 8 de Fevereiro no belíssimo Palácio Belmonte com a participação de académicos, artistas plásticos e escritores portugueses e estrangeiros.

«Era, não era?»

Lilliput, Antena 2

7 de Janeiro 2012

O primeiro Lilliput do ano abre os olhos e ouvidos a «Era, não era?», um livro-cd da editora Boca, que conta com o apoio do IELT.

© 2014 IELT - FCSH/UNL. Todos os direitos reservados. Webmaster